Fronteira

Preso suspeito de participação de mega-assalto no Paraguai condenado a 30 anos

radiocultura - 09/08/2017

Um dos suspeitos de participar do mega-assalto a transportadora de valores Prosegur, em Cidade do Leste, no Paraguai, foi preso pela Polícia Civil na tarde de terça-feira (8), na cidade de Santa Terezinha de Itaipu, à 15 quilômetros de Foz do Iguaçu.

De acordo com informações repassadas pelo Grupo de Diligências Especiais (GDE), o então foragido é Rodrigo Correa Couto, 35 anos, que tem, entre outros crimes, um mandado por homicídio qualificado. Ele foi levado para a Delegacia da Polícia Civil de Foz. Segundo a polícia, o homem tem mais de 30 anos de condenação.

O assalto, considerado o maior da história do Paraguai, aconteceu em abril deste ano. Até agora, a polícia prendeu 15 suspeitos de participação que fugiram para o lado brasileiro da fronteira, além de três mortos em confronto. Outro suspeito foi preso no Paraguai, acusado de ajudar na logística do crime.

De acordo com o Ministério Público do Paraguai, foram levados da empresa US$ 11.720.255. O assalto durou cerca de quatro horas, com explosões e tiros de armas de alto calibre. Durante a ação dez carros foram incendiados pelas ruas de Cidade do Leste e um policial paraguaio foi morto. Uma casa de alto padrão da cidade foi usada como “QG” semanas antes do assalto. As autoridades suspeitam que os integrantes do grupo pertençam ao Primeiro Comando da Capital (PCC).




Deixe aqui seu comentário



Veja mais notícias: , ,