Fronteira

“Paseros” paraguaios pretendem fechar a Ponte da Amizade

radiocultura - 18/05/2017

Na quarta-feira (17), um grupo de vendedores de frango se reuniu na aduana paraguaia da Ponte Internacional da Amizade, protestando contra a fiscalização dos agentes aduaneiros, que barram a entrada de produtos animais, assim como frutos e verduras, vindos do Brasil.

Os trabalhadores paraguaios anunciaram que pretendem fechar a fronteira nesta quinta-feira (18), como maneira de chamar a atenção das autoridades. O manifestante Aníbal Ferreira, disse que a intensão é reunir cerca de 700 pessoas que trabalham trazendo aves e ovos de Foz do Iguaçu à Cidade do Leste.

“Somos pessoas humildes, que não nos permitem trazer galinhas e ovos, enquanto os grandes contrabandistas continuam operando. Queremos trabalhar em regime de pequenas importações, mas as autoridades da aduana não entendem”, disse Ferreira.

Os “paseros” informaram que em três dias foram apreendidos quatro veículos e 2.700 frangos. Os trabalhadores denunciam ainda, que anteriormente era pago propina aso fiscais para poder passar com o produtos de Foz à Cidade do Leste, que chegavam de 100 à 150 mil guaranis.




Deixe aqui seu comentário