Política

Líder do PSDB no Paraná acredita na renúncia de Michel Temer

radiocultura - 18/05/2017

O deputado federal Valdir Rossoni, líder do PSDB no Paraná, falou à Rádio Cultura nesta quinta-feira (18) sobre as denúncias contra o presidente da República Michel Temer (PMDB), suspeito de mandar enviar dinheiro ao ex-deputado Eduardo Cunha, para que não delatasse outros políticos. Cunha está preso em Curitiba.

Rossoni defende que uma nova eleição para presidente aconteça no país. Para isso, uma emenda constitucional deverá ser aprovada pelo Congresso Nacional. O deputado defende ainda, que o presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves, seja afastado do partido.

“Temos que ter a mesma coragem de demonstrar a população que o Congresso ainda pode dar uma contribuição. Acredito que o Temer não chega ao final do dia, disse Rossoni, se referindo a uma possível renúncia do presidente.

O PSDB faz parte do governo do PMDB, de Michel Temer, desde maio de 2016, após o impeachment da presidente Dilma Rousseff.




Deixe aqui seu comentário