Segurança

À portas fechadas e sem mesa diretora, Anice toma posse na Câmara de Vereadores

radiocultura - 11/01/2017

Imagem: Christian Rizzi/Frontpress



A vereador Anice Gazzoui (PTN) foi levada pela Polícia Militar no início da tarde desta quarta-feira (11) até a Câmara de Vereadores de Foz do Iguaçu. Na terça-feira (10), a Vara de Execuções Penais permitiu que a vereadora deixasse temporariamente o 14º Batalhão da Polícia Militar, onde está presa, para ser empossada para seu segundo mandato.

Anice chegou no banco de trás de uma viatura da Polícia Militar, sem a presença da Polícia Federal e entrou pela garagem. Ela permaneceu cerca de três horas no local. A imprensa não teve acesso ao interior do prédio.

Mesmo sem a presença dos vereadores membros da mesa diretora, Anice assinou o livro de posse. Segundo advogado que defende a vereadora, Elias Mattar Assad, a falta do presidente de Câmara é um problema jurídico, mas que a parte que cabia à Anice, em comparecer e assinar o livro de posse, foi feita.

“De hoje pra frente vocês irão ouvir a voz da defesa. Só a palavra de delator sem prova não tem validade jurídica. Assumimos esta causa há um dia e meio e já conseguimos a posse”, disse Assad.

A assessor da Polícia Militar, tenente Murilo Mendes, informou que não havia nenhuma ordem para deixar o prédio fechada ou não permitir a entrada da imprensa.

Até o momento, o presidente da Câmara de Vereadores Rogério Quadros, não foi encontrado para falar sobre a validade da posse de Anice.




Deixe aqui seu comentário